UFMG | Campos Montes Claros
Home » Webradio » Biocarvão desenvolvido no ICA é eficiente como fertilizante de solo

22 / jul / 2019

Biocarvão desenvolvido no ICA é eficiente como fertilizante de solo

Em primeiro plano, esterco animal seco e, ao fundo, biocarvão produzido com o resíduo. Foto: Amanda Lelis/UFMG

Os resíduos da criação de animais da Fazenda Experimental Professor Hamilton de Abreu Navarro, no campus da UFMG em Montes Claros, são base para a produção do biocarvão. A iniciativa propõe uma alternativa ao descarte desse tipo de resíduo que pode, ainda, ser aproveitada para melhorar as condições do solo, com o aumento da concentração de nutrientes e da capacidade de retenção de água, entre outros. A pesquisa é desenvolvida no Instituto de Ciências Agrárias da UFMG. A reportagem é de Maria Dulce Miranda, com produção e locução de Amanda Lelis.