UFMG | Campos Montes Claros
Home » Setor Administrativo » Áreas Verdes
Áreas Verdes

É responsável pela composição paisagística do ICA/UFMG – Campus Montes Claros e seus processos que englobam a produção de mudas ornamentais e arbóreas, implantação e manutenção de gramados, jardins, pelo plantio, poda e supressão de árvores e pela ornamentação de eventos internos.

Este setor conta com a colaboração de 09 (nove) funcionários da prestadora de serviços ADCON e 01(um)  técnico  do quadro efetivo da instituição.

Fale conosco: Demandas, dúvidas, sugestões e reclamações.

Técnico: Dênniel Trajinelli Coelho Pinheiro

Ramal: (38) 2101-7952

Email: areasverdes@ica.ufmg.br

Horário de atendimento:

Segunda-feira: 09:00h às 11:00h e 14:00h às 15:30h.

Terça-feira, Quarta-feira e Sexta-feira: 09:00h às 11:00h.

 


Missão
Trazer paz, harmonia e alegrar a vida das pessoas por meio dos jardins do campus.

Visão
Tornar o campus, por meio do contato com a natureza, um ambiente de refúgio do estresse cotidiano para a comunidade usufruir de momentos de lazer e bem-estar.

Valores
Respeito ao ser humano, a fauna e a flora, zelo pela coisa pública, sustentabilidade e inclusão.

O combate ao Aedes Aegypti em todo o Brasil é uma realidade constante e sempre recorrente. Existem diversas medidas que visam inibir a ação do mosquito, de forma a reduzir os casos de dengue, zika e chikungunya.

O mosquito se reproduz depositando seus ovos em locais e recipiente que acumule água parada. A postura também pode ocorrer em locais secos, que em um futuro possam vir a acumular água. Em um prazo de dois a três dias, os ovos eclodem e nascem as larvas do mosquito. Após nove a doze dias a larva se transforma em mosquito adulto e a partir daí a fêmea reinicia o ciclo de reprodução.

Existem diversas medidas que podem ser adotadas dentro da nossa instituição, visando reduzir a incidência dos mosquitos:

  • Solicitar ao Técnico  Ambiental do ICA-UFMG (servidor Dênniel Pinheiro – ramal 7952) a soltura de pequenos peixes predadores da larva em locais onde não é possível eliminar a água parada;
  • Não deixar água acumulada;
  • Lavar frequentemente, com água e sabão, tambores e outros recipientes utilizados para acumular água;
  • Lavar constantemente bebedouros de animais;
  • Manter os locais devidamente tapados para situações em que haja a necessidade de acumular água;
  • Jogar lixo nos devidos locais;
  • Tampar ralos corretamente;
  • Se houver necessidade de armazenar garrafas, mantê-las de cabeça para baixo;
  • Colocar areia nos pratinhos de plantas.

Caso identifiquem locais que contenham material ou condições propícias para o desenvolvimento e proliferação do mosquito, solicitamos que informem no Ramal 7952  ou 7760 ou e-mail: infraestrutura@ica.ufmg.br, para que sejam tomadas as devidas providências.

Se for constatada a presença de materiais que estejam acumulando água parada, a equipe irá notificar oficialmente (por meio do formulário de notificação de foco do aeds aegypti, CLIQUE AQUI) os responsáveis para tomarem as devidas providências, caso haja reincidência ou omissão a equipe de Infraestrutura desta Unidade estará autorizada a retirá-los para dar a destinação correta, além de comunicar aos órgãos competentes para inibir as infrações.

Contamos com a colaboração de todos neste combate e agradecemos a compreensão, ressaltando que estamos sempre buscando melhorar a infraestrutura fornecida pelo ICA-UFMG aos acadêmicos, servidores docentes e técnico-administrativos, colaboradores e comunidade em geral.