UFMG | Campos Montes Claros
Home » Notícias » Semana do Conhecimento recebe inscrições de trabalhos até 14 de setembro
30 / ago / 2023
Semana do Conhecimento recebe inscrições de trabalhos até 14 de setembro

Tema da 32ª edição, que ocorre de 23 a 27 de outubro, versa sobre democracia, desenvolvimento sustentável e inteligência artificial

Apresentação de pôsteres em edição da Semana do Conhecimento
Foto: Lucas Braga | UFMG

Todos os anos, a comunidade da UFMG tem acesso, ao longo de uma semana, a um panorama das produções, nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, desenvolvidas por estudantes e servidores docentes e técnico-administrativos da Universidade. Neste ano, a Semana do Conhecimento UFMG chega à 32ª edição, e as inscrições de trabalhos, em todas as modalidades, já estão abertas. Integrantes da comunidade universitária podem se inscrever até 14 de setembro. A programação deste ano será cumprida na quarta semana de outubro, de 23 a 27.

O tema da edição 2023, a segunda realizada presencialmente desde a pandemia, é Desenvolvimento sustentável e democracia na era da inteligência artificial, em consonância, como já é de costume, com o tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Neste ano, o evento, que chega à 20ª edição, será realizado de 14 a 20 de outubro, com o tema Ciências básicas para o desenvolvimento sustentável.

“O tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia tem inspirado os lemas trabalhados pela UFMG na Semana do Conhecimento. Neste ano, não foi diferente. Vários segmentos se reuniram para, inspirados no tema nacional, chegar à temática da Universidade nesta edição. No nosso caso, o desenvolvimento sustentável figura em relação à democracia e à inteligência artificial”, explica o pró-reitor de Pesquisa da UFMG, Fernando Reis. Neste ano, a organização do evento cabe à Pró-reitoria de Pesquisa (PRPq).

Na vanguarda
Fernando Reis destaca a importância de a Universidade, por meio de seus estudantes e pesquisadores, dedicar-se ao tema da inteligência artificial, que pautou também a aula magna de abertura do segundo período letivo na graduação, ministrada há duas semanas pelo professor Virgílio Almeida, do DCC, recentemente agraciado com o Prêmio FWC de Ciências 2023.

“A Universidade é o lugar certo para que conversas sobre temas de central importância para a sociedade, como esse, ocorram. É aqui que a vanguarda se apresenta, assim como as pessoas que lideram as discussões, e é muito importante que seja a Universidade a liderar esse debate”, defende o pró-reitor de Pesquisa.

Composição
A Semana do Conhecimento UFMG, em 2023, reúne a 32ª Semana de Iniciação Científica e a 13ª Seminário de Iniciação Científica Júnior, promovidas pela PRPq, o 26º Encontro de Extensão e a mostra virtual Pesquisa e Extensão na Rede de Museus, organizados pela Pró-reitoria de Extensão (Proex), a 27ª Semana da Graduação, da Pró-reitoria de Graduação (Prograd) e a 13ª Jornada de Apresentação do Conhecimento Produzido pelos Servidores, a cargo da Pró-reitoria de Recursos Humanos (PRORH).

A programação conta também com o 6º Encontro de Mobilidade Internacional da UFMG, organizado pela Diretoria de Relações Internacionais (DRI), nos dias 25 e 26, e com o 8º Seminário do Programa de Apoio à Inclusão e Promoção da Acessibilidade (Pipa), promovido pelo Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) da UFMG. As inscrições de trabalhos já estão abertas para todas essas atividades, e as informações foram reunidas na mesma página no site da Semana do Conhecimento. (Leia documento com instruções para inscrição disponibilizado pela organização da Semana).

“Esse conjunto robusto de atividades ilustra a importância assumida pela Semana do Conhecimento no calendário da UFMG. A programação, que começou efetivamente há mais de 30 anos, com atividades focadas na iniciação científica, foi se expandindo e se diversificando, e o nome, atualmente, é muito representativo do que é de fato o evento. A Semana é momento em que a UFMG faz uma pausa na sua programação rotineira e altera o calendário, para que todos possam visitar as exposições, estandes, palestras e apresentações, que ampliam o conhecimento acerca de tudo aquilo que é produzido na Universidade”, avalia Fernando Reis.

Avaliação e visibilidade
Embora tradicionalmente a programação recebe mais o público interno, o pró-reitor de Pesquisa explica que as atividades são pensadas também para acolher o público externo à UFMG, que deseja ter acesso ao conhecimento produzido por meio de pesquisas. ´

“É um momento em que fazemos um balanço de todo o conjunto de trabalhos que temos feito, para avaliar a integração da pesquisa com a extensão, que fica mais evidente durante o evento, e também de mostrar para a sociedade extramuros a potência do conhecimento produzido pela UFMG em todos aspectos – volume, quantidade de autores, originalidade e alcance”, finaliza.