UFMG | Campos Montes Claros
Home » Notícias » Sandra Goulart Almeida é eleita vice-presidenta da AUGM
30 / jun / 2020
Sandra Goulart Almeida é eleita vice-presidenta da AUGM

Reitora da UFMG é a primeira mulher a ocupar o cargo

Conselho de Reitores elegeu os novos dirigentes da AUGM. Imagem: reprodução AUGM

O Conselho de Reitores da Associação das Universidades Grupo Montevidéu (AUGM) reuniu-se nesta segunda-feira, 29, por meio de videoconferência, para eleger os novos ocupantes dos cargos de presidente e vice-presidente da entidade. O reitor Enrique Mammarella, da Universidade Nacional do Litoral, sediada em Santa Fé, na Argentina, foi eleito presidente, e a reitora da UFMG, Sandra Regina Goulart Almeida, assumiu a vice-presidência. A escolha foi por unanimidade.

Mammarella e Sandra Goulart Almeida vão cumprir mandato até 28 de junho de 2021. É a primeira vez que a função de vice-presidente da AUGM será exercida por uma mulher. “A escolha do meu nome para o cargo é uma grande honra para a UFMG e também para mim. A Associação é, seguramente, uma das mais importantes redes de universidades públicas do mundo e a mais relevante da América do Sul”, afirma a reitora.

A Universidade é associada da AUGM desde 2003, quando Sandra Goulart Almeida respondia pela Diretoria de Relações Internacionais da UFMG. “A efetivação de nossa associação é um marco para a integração da UFMG com diversas universidades no Brasil e no exterior. Juntos, temos atuado na defesa de uma educação pública, de qualidade, de relevância e inclusiva. Estamos alinhados em relação à necessidade da manutenção dos investimentos públicos, da ampliação das oportunidades de acesso ao ensino superior e do desenvolvimento acadêmico, social e econômico praticado de forma integrada e compartilhada. Podemos dizer que a AUGM congrega instituições que são irmãs”, afirma a reitora.

Cooperação
A Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM) é uma rede formada por instituições públicas e autônomas da Argentina, da Bolívia, do Brasil, do Chile, do Paraguai e do Uruguai. Foi criada em agosto de 1991 para oferecer respostas a desafios que atravessam a instituição universitária em todo o mundo. Elas compartilham, de maneira solidária, quadros acadêmicos qualificados, recursos materiais, instalações, equipamentos, laboratórios e bibliotecas.

Uma de suas principais ações é o programa de mobilidade Escala de Estudantes de Graduação, um dos pioneiros em intercâmbio discente na América do Sul. A Associação também desenvolve várias iniciativas acadêmicas e cátedras, como a de direitos humanos, criada em 2019, que conta com a participação da UFMG. “A AUGM mudou o cenário de cooperação internacional no Brasil, colocando em destaque a importância da cooperação regional para a integração dos países latino-americanos”, afirma Sandra Goulart Almeida.

Trajetórias
Enrique Mammarella é engenheiro químico formado pela Universidade Nacional do Litoral, na Argentina, onde também obteve o título de doutor. Cursou residência pós-doutoral em Engenharia Química pela Universidade Federal de São Carlos.

Sandra Goulart Almeida é formada em Letras pela UFMG, mestre e doutora pela Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill (EUA). Cursou pós-doutorado na Universidade Columbia, em Nova York, e na Universidade Federal de Santa Catarina. Na UFMG, foi vice-reitora na gestão 2014-2018 e diretora de Relações Internacionais de 2002 a 2006.

[Publicado originalmente no Portal UFMG]