UFMG | Campos Montes Claros
Home » Notícias » Moradia Universitária do campus Montes Claros é ampliada
06 / out / 2023
Moradia Universitária do campus Montes Claros é ampliada

Com expansão da Moradia Cyro Versiani dos Anjos, 40 vagas foram somadas às 108 já existentes

Com expansão, Moradia Universitária Cyro Versiani dos Anjos passa a atender 148 acadêmicos classificados socioeconomicamente pela Fump
Foto: Lucas Braga I UFMG

A tarde do dia 5 de outubro foi de muita alegria para 40 acadêmicos do campus da UFMG em Montes Claros. Depois de dois anos de execução da obra de construção, o novo bloco da Moradia Universitária Cyro Versiani dos Anjos foi ocupado pelos novos moradores. A obra de expansão envolveu um esforço conjunto da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Pró-reitoria de Assistência Estudantil (PRAE) e Fundação Universitária Mendes Pimentel (Fump). Somando-se com as atuais 108 vagas, agora serão oferecidas 148 vagas para os(as) estudantes posicionados pela Fump, equilibrando assim a relação entre oferta e demanda em Montes Claros.

Estrutura

Novo bloco possui cinco apartamentos com sete quartos, e um apartamento com seis quartos
Foto: Ana Cláudia Mendes I UFMG

Para a expansão foi construído um novo bloco de dois andares, com novo projeto arquitetônico. Essa nova estrutura possui:
– Cinco apartamentos com sete quartos, e um apartamento com seis quartos;
– Um quarto adaptado à acessibilidade;
– Cada apartamento possui quartos individuais, sala, cozinha, área de serviço e dois sanitários;
– Sistema de energia fotovoltaica e aquecimento de água.

O vice-diretor do campus Montes Claros, professor Alcinei Místico Azevedo, reforçou o esforço das gestões anterior e atual para a conclusão da expansão. “Isso envolve o trabalho de muitas pessoas. O planejamento dessa obra foi feito para um cenário e a execução da obra aconteceu em um momento totalmente diferente, que foi a pandemia. Tudo quase que dobrou de preço. Então tudo o que planejamos, com orçamento, já não correspondia ao que tínhamos. Houve um esforço muito grande da gestão para que este momento fosse possível”, relembrou.

O vice-diretor do campus Montes Claros destacou os desafios para a conclusão da obra
Foto: Ana Cláudia Mendes I UFMG

A gerente da Fump em Montes Claros, Andréa Silva relembrou alguns dos desafios para conclusão da obra. “Esta foi uma obra executada com muita dificuldade porque além de ser executada durante a pandemia, enfrentávamos um cenário orçamentário no país que dificultou muito conseguirmos recursos. Mas hoje, com muita gratidão nós estamos entregando seis apartamentos, um total de 40 vagas para vocês”.

Acolhimento

Novos moradores receberam as boas vindas na área de convivência da Moradia Universitária
Foto: Ana Cláudia Mendes I UFMG

A cerimônia de entrega das chaves foi realizada na área de convivência da própria moradia. Participaram remotamente do evento, a presidente da Fundação Universitária Mendes Pimentel (Fump), professora Teresa Cristina Kurimoto e a pró-reitora de Assuntos Estudantis (PRAE), professora Licínia Maria Correa. A gerente da Fump Andréa Silva e o vice-diretor do campus Montes Claros, professor Alcinei Místico Azevedo participaram presencialmente da solenidade.
Durante a cerimônia, os novos moradores receberam as boas vindas da gestão da Fump e da pró-reitora de Assuntos Estudantis. “Esse projeto que foi ‘gestado’ nos últimos anos ganha vida com a chegada de vocês. É um projeto de moradia com acessibilidade, que foi cuidadosamente pensado. Nos preocupamos com o paisagismo, a estética e a segurança de todos. Espero que vocês encontrem cuidado nesta moradia e que também cuidem. Que vocês encontrem respeito e também respeitem e que encontrem suporte para a permanência. Espero que vocês percebam nossos cuidados em cada espaço”, afirmou a presidente da Fump, professora Teresa Cristina Kurimoto.
A pró-reitora de Assuntos Estudantis reforçou o papel da Assistência Estudantil da UFMG para a permanência dos acadêmicos e qualidade da formação dos alunos. “Vocês vão cumprir ao longo da graduação, a missão de serem bons estudantes e se formarem de maneira geral como seres humanos e levarem contribuições para a sociedade. E o nosso papel é dar o suporte para que vocês estejam na Universidade e façam isso com todas as possibilidades que se apresentarem”, disse a professora Licínia Maria Correa.

Nova vida

A gerente da Fump, Andrea Silva, entrega chaves do apartamento à estudante Emilly dos Santos
Foto: Ana Cláudia Mendes I UFMG

Das 40 novas vagas, 26 foram femininas e 14 masculinas. Emilly dos Santos é uma das novas moradoras da Moradia Universitária. Natural de Belo Horizonte, a acadêmica do quarto período de Engenharia Agrícola e Ambiental dividia um apartamento até então. Para ela, conseguir este benefício da Assistência Estudantil traz mais tranquilidade. “Para mim, foi uma grande conquista. Meus pais moram de aluguel em Belo Horizonte e vivem de salário mínimo. Então, além do aluguel lá em BH, tinha o meu aluguel aqui, alimentação, transporte. Vai ser um alívio financeiro para todos nós”, explica.
A estudante falou ainda sobre as expectativas na nova casa. “Agora, vai bem melhor. Tanto pelo conforto, porque eu só tinha uma cama e minhas coisas ficavam no chão. Aqui, eu tenho o guarda-roupa, a mesa para eu estudar. Acredito que meu desempenho vai ser muito melhor a partir de agora”.

Para o estudante de Zootecnia, Victor Oliva, a vaga na moradia significa economia financeira e mais tempo para se dedicar aos estudos
Foto: Ana Cláudia Mendes I UFMG

Quem também estava muito feliz era o acadêmico do quarto período de Zootecnia Victor Leon Santos Oliva. O estudante morava no Centro de Montes Claros. “O custo de vida vai melhorar bastante. Não vou mais gastar com transporte para a Universidade nem com aluguel. Além disso, como estou mais perto da UFMG, vou conseguir estudar e até descansar mais, já que o tempo gasto do Centro até a UFMG é um tempo que eu poderia dedicar aos estudos”, conta.

(Ana Cláudia Mendes I Cedecom UFMG Montes Claros)