UFMG | Campos Montes Claros
Home » Notícias » Campus da UFMG em Montes Claros sedia Congresso Regional Libras aos Montes
06 / abr / 2023
Campus da UFMG em Montes Claros sedia Congresso Regional Libras aos Montes

Evento irá debater políticas voltadas para a educação de surdos

Evento será realizado no auditório do Bloco C na próxima quinta-feira, dia 13. (Foto: Lucas Braga/UFMG)

Fomentar reflexões e debates tanto com a comunidade surda quanto com profissionais da área de Libras de todo o Norte de Minas Gerais, este é o principal objetivo do Congresso Regional Libras aos Montes. O evento, promovido pela Associação de Surdos de Montes Claros, ASMOC, será realizado de 13 a 15 de abril no auditório do bloco C, do Instituto de Ciências Agrárias(ICA) da UFMG. Para participar é preciso fazer inscrição pelo site do evento.
O Congresso é uma é uma ação social e acadêmica que visa fortalecer o reconhecimento e uso da Libras, assim como divulgar pesquisas da área, de modo a estabelecer relações e parcerias com a comunidade surda, a comunidade acadêmica e a sociedade como um todo. “Este congresso é realizado todos os anos, normalmente em setembro que é o mês do surdo. Trouxermos para abril porque a Língua Brasileira de Sinais completa 21 anos este mês. São 21 anos da Libras como língua, como direito à formação acadêmica. Por este motivo, o congresso é mais voltado para o público acadêmico e a profissionais que possam a vir a atuar na educação bilíngue para surdos”, explica o coordenador do evento Gabriel Couto. Surdo desde que nasceu, Gabriel Couto, de 25 anos, é graduado em Letras Libras, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestrando em Letras Libras pela mesma universidade.

Programação
A abertura do evento, será na quinta-feira, 13 de abril, às 17:30. No dia 14, serão realizados workshops. Entre as oficinas estão “Currículo de Libras como primeira língua”, “Política Linguística com foco na Educação” e “Formação técnica de tradução e interpretação”. À noite, duas pessoas CODA – sigla em inglês para Child of Deaf Adults, em português, a expressão é traduzida para Filho de Pais Surdos – vão falar sobre como é transitar entre estes dois mundos.
No sábado, uma palestrante vai explicar sobre a avaliação metafórica da língua de sinais e serão apresentados 23 trabalhos relacionados aos temas do congresso. Além disso, será feita uma homenagem a pessoas que se esforçaram para a difusão da língua de sinais em Montes Claros.

Parceria com o ICA

O coordenador do congresso, Gabriel Couto, em conversa com a subcoordenadora de Planejamento e Infraestrutura do ICA, Nívea de Almeida e a intérprete de Libras Raiana Dias. (Foto: Ana Cláudia Mendes/UFMG)

O coordenador do congresso agradeceu a parceria do Instituto de Ciências Agrárias para realização do evento. “Normalmente, nós encontramos dificuldades quando buscamos um local para nossas ações. Aqui no ICA, fomos prontamente atendidos, as portas foram abertas”, conta.
Acompanhado da intérprete de Libras Raiana Dias e da subcoordenadora de Planejamento e Infraestrutura do campus, Nívea Almeida, ele verificou os locais onde as atividades serão desenvolvidas nos três dias de congresso.

Para coordenadora do Programa de Inclusão, Convívio e Acolhimento (PRO-ICA) da UFMG, Cláudia Regina Vieira, o congresso levanta questões importantes. (Foto: Ana Cláudia Mendes/UFMG)

A coordenadora do Programa de Inclusão, Convívio e Acolhimento (PRO-ICA) da UFMG, professora Cláudia Regina Vieira, destacou a relevância de levantar este tipo de discussão no ambiente acadêmico. “Acredito que a realização desse evento dentro da UFMG, campus Montes Claros é de suma importância. A UFMG é uma universidade inclusiva! Desde 2018, alunos com deficiência têm ingressado nos diferentes cursos oferecidos em nossa unidade acadêmica através do sistema de cotas para pessoas com deficiência (PCD). A realização de um evento tratando de uma temática tão importante, traz uma reflexão sobre a inclusão da PCD usuária de Libras, não só na sociedade, como na comunidade acadêmica. Estamos preparados para incluí-los? Será um momento de reflexão e de aprendizado”!

*Entrevista feita com auxílio da intérprete de Libras Raiana Dias

(Ana Cláudia Mendes/UFMG)