banner_topo01.jpg
Home
Vantagens e desvantagens de franquias são tema de palestra no ICA PDF Imprimir E-mail
Qui, 18 de Maio de 2017 18:45

00000

Os palestrantes Cristiano Marchi, Luci Kikuchi, a mediadora Lígia Martins, Isabelle Oliveira e Felipe Fróes durante Ciclo de Palestras (esq-dir). Cedecom

 

As vantagens e desvantagens de um sistema de franquia foram tema do “Ciclo de Palestras Gestão de Quê – Franquia: atalho ou desvio”?”, realizado nessa quarta-feira (17), no Instituto de Ciências Agrárias. O evento integra o calendário de Atividades Acadêmicas Complementares do período noturno da UFMG e encerrou a programação prevista para o primeiro semestre letivo de 2017.

Participaram das discussões um representante de franqueador, um franqueado e pesquisadores da área de Administração. Um dos pontos discutidos foi o contraste entre os padrões de franquia, formulados a partir de uma visão macro de mercado, e as especificidades de cada lugar onde a franquia será instalada, considerada uma análise micro.

“A criação de uma franquia leva em conta várias informações. Antes de se expandir unidades, a franqueadora deve realizar uma pesquisa de mercado que consegue prever, por exemplo, quantas lojas podem ser abertas naquele município e quais os melhores ‘pontos’, que garantem a visibilidade e maior sucesso de negócio”, explicou o diretor de marketing da Saudalys Franchising, Cristiano Marchi Gimenes.

“É preciso aprofundar a discussão entre franquias e franqueados, em termos de serviços ofertados, e até que ponto isso é bom. Nem sempre as previsões dos estudos desenvolvidos pelas franqueadoras são exatas. Cada município possui realidade e demandas de mercado específicas. Até que ponto a padronização das franquias dá certo?”, indagou o professor da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Felipe Fróes Couto.

000000

Vice-diretor do ICA, Helder dos Anjos Augusto, durante abertura do evento

 

De acordo com o vice-diretor do Instituto de Ciências Agrárias, Helder dos Anjos Augusto, discussões como a realizada na quarta-feira contribuem para estimular a reflexão sobre práticas de mercado no meio acadêmico. “Quando fazemos um recorte da missão da universidade temos três linhas importantes: a ênfase no ensino; a pesquisa e a extensão, caracterizadas pelo processo de transferência do conhecimento entre nosso público alvo; e o empreendedorismo e inovação das Universidades, que permitem reflexões voltadas para a prática, que muitas vezes não encontram espaço em sala de aula”, afirmou.

Também participaram do evento a professora da Unimontes e detentora de uma franquia na área de educação, Luci Kikuchi, e a coach de imagem e personal stylist Isabelle Oliveira. O “Ciclo de Palestras Gestão de Quê? – Franquias: atalho ou desvio?” foi realizado na quarta-feira (17), no Auditório do Bloco C do ICA.

Esq-dir. Os palestrantes Cristiano Marchi, Luci Kikuchi, a mediadora Lígia Martins, Isabelle Oliveira e Felipe Fróes durante Ciclo de Palestras

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner